quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

As portas

Na época que colocamos o balcão da pia, foram 3 serviços quase ao mesmo tempo.
O balcão - que só podíamos continuar a instalação aos sábados, pois queríamos ver o serviço
A pintura - que estourou o prazo, o bolso, a paciência e tudo mais (que vou falar no próximo post)
As portas externas e internas

Como pretendíamos colocar todas as janelas e portas de PVC com a Claris, pedimos pros pedreiros deixarem os vãos arrematados em cimento. Porque portas de madeira normalmente se usa "chumbar" os caixonetes durante o embosso. Ou seja o caixonete vem com toquinhos de madeira que são encaixados e arrematados com cimento. Não sou muito fã dessa técnica, principalmente quando precisa trocar o caixonete, é um quebra quebra absurdo. Mas tem uma vantagem, os pedreiros não fazem o vão da porta todo torto.

Porém somente as janelas e as portas de correr foram feitas em PVC, custo-benefício compatível (além de dividirem em 48x rsrsrs) Mas as portas custavam algo em torno de 600 reais por porta. :(
Assim, desistimos (chorando) das nossas lindas portas branquinhas e partimos pra madeira. Somente fizemos uma porta lateral pra garagem de PVC com vidro, o que garantiu claridade e resistência já que até hoje não colocamos telhado na garagem.

Como era mais urgente e não tínhamos verba, encomendamos 2 portas externas. Elas foram feitas de muracatiara e não ficaram exatamente como planejávamos, tortas e com frestas entre o caixonete e a porta. :(

Sem opção e muito desanimados não víamos luz no fim do túnel.
Mas os amigos do fórum do GDM (Guia do marceneiro) www.guiadomarceneiro.com.br nos incentivaram a tentar instalar as portas. Nos deram dicas preciosas e tomamos coragem.
Encomendamos 11 portas com caixonete.
Para isso medimos cada vão, já que cada um tinha um tamanho diferente grrrr!
A loja só fabricava os caixonetes, as portas semi-ocas vinham com tamanho padrão (60, 70 ou 80cm)
Mas a loja é incrível e eles além de cortar as portas exatamente pro tamanho dos vãos, ainda entregaram os caixonetes já presos em cada porta.
Olha elas aqui:
 Isso foi muito útil, já que para evitar que o caixonete fique fora de esquadro, marcamos a furação dos caixonetes com as portas ainda presas.
Um grande amigo nos emprestou uma tupia e uma plaina elétrica, sem elas não teríamos conseguido.
Fizemos com restos de alisar velho esse gabarito para dobradiças
Aqui nesse vídeo eu mostro como é feito o rebaixo da dobradiça. Não reparem pois eu ainda não tinha prática e passei várias vezes com medo de dar errado rsrsrsrsrs. Depois de feito o rebaixo é só fazer com um formão os cantinhos em ângulo reto, já que a fresa (ponteira da tupia) deixa arredondado nas pontas.
Tirem o som, pois faz barulho! rsrsrsrs


Outra coisa que fizemos é esse suporte para apoiar porta, que um amigo do GDM nos mostrou
Para abrir o buraco pra fechadura usamos essa broca forstner da Makita numero 15
Escolhemos a fechadura de alumínio da Haga, modelo Iris
Aqui o marido marcando o centro da porta para a fechadura, com o auxílio de um graminho do GDM
Aqui o miolo da fechadura já instalada
Experimentamos das duas maneiras, instalar a fechadura com a porta deitada e em pé
Prendendo as dobradiças
Olha a porta do banheiro amarelo
Essa é uma das portas dos quartos do segundo andar

Como só podíamos fazer as instalações nos fins de semana, levamos muito tempo pra conseguir instalar todas. Algumas só depois que nos mudamos. E ainda falta o caixonete da cozinha (que não terá porta) e a porta de correr da despensa, pois ainda não compramos as ferragens para a instalação.
Acabou que eu fiquei especialista em dobradiças e o marido em fechaduras, o que adiantou bastante o trabalho :)


Conclusão: Valeu a pena. O pior foi vencer o medo de furar errado e estragar a porta toda.
Agora... É um trabalho bem minucioso, com certeza dou mais valor quando o marceneiro cobra a instalação, vale cada centavo que eles cobram.

13 comentários :

  1. Confesso que, quando nos disseram pra instalar as portas nós mesmos, rebati dizendo que não sabíamos e que seria muito difícil. Mas com a ajuda do pessoal do GDM, nos passando links com dicas para instalação, a coisa ficou muito fácil. É só seguir as regras que tudo acontece naturamente. Óbvio que pequenos ajustes podem ser necessários, mas no geral é uma tarefa tranquila de executar. No início só se consegue instalar uma porta no fim de semana, mas com a prática é possível instalar de 4 a 6 por fim de semana. Mas tem uma ferramenta que, na minha visão, foi essencial: a tupia rebordadeira (Makita 3709, ou equivalente). Se não fosse essa ferramenta (no início emprestada pelo Rodrigo Rangel, depois compramos uma), teríamos que esculpir no formão os rebaixos das dobradiças, e aí sim seria um trabalho de artista, que não sou mesmo, hehehe!

    ResponderExcluir
  2. Vou te dizer: uma mulher que conhece ferramentas, que conhece brocas forstner, é chata pra caramba. Meu marido fala isso pra mim. E eu fico cada vez mais apaixonada...

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Marluce e Zé Luiz. Eu mesmo instalei as portas lá de casa e sei o quanto é trabalhoso. No caso eu não tive a facilidade da tupia, foi no formão mesmo ehehe. Mas ficou tudo certinho. Ah... mas isso já tem uns 10 anos.

    Agora daqui uns dias eu vou ter que trocar uma das portas, que os cupins liquidaram com ela.

    Só uma coisa, o que vocês chamam de "caixonete" é o que aqui no interior de São Paulo, conhecemos por "Batente" ou "Portal"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!Uau no formão dá mais trabalho ainda!
      Acho que o pior mesmo (com tupia ou sem) é o medo de errar alguma coisa e inutilizar a porta não é? rsrsrsrsrs
      Isso! O caixonete é o batente ou portal rsrsrs
      bj

      Excluir
  4. Pois é... o medo de errar e estragar a porta é grande, porem eu usei um truque sujo... como as portas foram compradas depois dos batentes, elas vieram no tamanho padrão, e todas eram um pouco maior que o necessário.

    Dai fiz o seguinte, primeiro cortei a porta na altura correta do batente, e instalei as dobradiças e fixei a porta no batente, obviamente ela não fecha, por ainda ser um pouco mais larga. Mas isso dá uma margem para possiveis erros na hora de talhar o encaixe das dobradiças, pois ainda tem uma fita de madeira a ser serrada.

    Instalada e ok, eu simplesmente retiro os pinos das dobradiças e corto a porta na largura correta :) Dai fica só o buraco fechadura pra fazer. :)

    Mas a pergunta dos caixonetes ou batentes foi pelo seguinte, vocês mesmo fizeram o serviço de alvenaria de assentar os batentes na parede? Ou usaram algum sistema alternativo que não envolve assenta-los com cimento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa idéia pra instalação :)
      Os Caixonetes, aliás batentes foram parafusados. Nós pretendíamos colocar portas de PVC, mas como o nosso bolso não permitiu resolvemos ir pras portas simples de madeira mesmo, mas aí os vãos já estavam com acabamento pra PVC, ou seja, com cimento e liso, por isso parafusamos.

      Excluir
  5. Queria saber se tem algum gabarito para fechadura usando a tupia e a broca

    ResponderExcluir
  6. Queria saber se tem algum gabartio para fechadura usando a tupia gostei desse para dobradiça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jamerson,
      Não criamos gabarito pra fechadura, só pra dobradiça, para abrir o buraco das fechaduras usamos uma broca forstner tamanho 15. :(
      Acredito que seria complicado, já que a profundidade do buraco da fechadura é bem fundo, não acha? Talvez seja interessante criar um gabarito pro rebaixo do espelho da fachadura, mas não tentamos ainda
      abraços

      Excluir
  7. Marluce
    se vcs criarem outros gabaritos se possível deixe as medidas so para tentar realizar aqui também, estou tentando fazer o da dobradiça pois tenho a tupia e instalo portas e acho a idea muito boa grato e se tiverem mais ideias por favor coloquem par nos.
    muito obrigado pela atenção.

    ResponderExcluir
  8. Queria saber se vcs tem algum outro gabarito e se possível as mediadas estou tentando fazer aqui
    fico muito grato pela atenção.

    ResponderExcluir
  9. Faço furação da maquina da porta com a tupia rp1800 makita, fica muito bom. Uso uma fresa 12mm com 11,5cm comprimento.

    ResponderExcluir
  10. O que mais me emocionou foi a conclusão kkkkk. Lindo trabalho, boa ideias. Vim aqui pois estou buscando ideias de melhorias no meu trabalho. Tenho um canal no YouTube (Romulo Crispim Alves) se quiserem ver um pouco do meu trabalho e ver alguma dicas. fiquem a vontade. Abraço

    ResponderExcluir

Gostou do post, ele foi útil, tem alguma crítica construtiva ou quer deixar sua opinião?
Por favor deixe um comentário, ficarei muito feliz :)